Compartilhe, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Postado em:

Como oferecer um cardápio vegetariano de qualidade

O número de vegetarianos e veganos cresce mais a cada dia. Saiba como não deixá-los de fora dos seu cardápio com dicas quentes sobre pratos deliciosos.

Se você tem algum amigo ou parente vegetariano e já saiu para comer com ele, sabe o tamanho da decepção de quem te acompanha até o restaurante e lá recebe a infeliz surpresa de não ter opções vegetarianas no cardápio.

Cardápio decepcionante

Hoje em dia isso já parece inconcebível, mas ainda acontece, e muito, por aí.

Muitos restaurantes já possuem as misturas prontas, nos casos de prato feito, por exemplo, e a única esperança do vegetariano é o omelete – quando sua dieta não restringe todo tipo de alimento de origem animal – e ao pedir para o garçom: o presunto já está misturado.

Bom, com esses exemplos dá para perceber a decepção dos vegetarianos e veganos quando não se sentem integrados nos estabelecimentos de alimentação.

É por isso que seu cardápio deve ter o mínimo de planejamento para atender a todas os gostos e tipos de alimentação.

No caso dos vegetarianos, as vantagens são muitas.

Você irá descobrir uma diversidade de pratos deliciosos, saindo do comum das saladas e legumes refogados, para hambúrgueres e tortas deliciosas.

Além de tornar seu público mais abrangente, mais feliz e poder gastar um pouco menos com carnes e peixes que acabam saindo mais caros.

O cuidado com os ingredientes do cardápio vegetariano

Estar atento aos fornecedores e à qualidade dos produtos do restaurante é uma regra para todos os pratos de todos os estabelecimentos.

Fornecedores Qualidade

Mas, no caso dos pratos vegetarianos, estamos falando de alimentos muito frescos, em sua maioria verduras que estragam mais rapidamente e perdem seus valores nutricionais e sua textura quando congelados.

Além disso, os motivos pelos quais os vegetarianos decidem restringir sua dieta – tanto os ovolactovegetarianos, que se permitem comer ovos e laticínios, quando os vegetarianos restritos, que não consomem nenhum tipo de derivado do animal – são variados.

Pode ser por questões ideológicas e políticas, pelo tratamento com os animais ou simplesmente por questões de saúde.

Mas, todas as opções indicam que há uma preocupação ainda maior com a procedência do alimento.

Envolve toda uma cultura da alimentação mais saudável e mais natural, na maioria das vezes.

Como é o caso do veganismo, que segundo o Estadão, seu mercado cresce 40% ao ano e seus adeptos praticam hábitos além da alimentação, mas também na não utilização de produtos que sejam testados em animais, ou que possam prejudicá-los de alguma forma.

Ter bons produtos é um grande diferencial para o seu restaurante, além de abranger os diferentes modos de pensar dos seus clientes.

Opções diversas para o cardápio vegetariano

Para incentivar sua criatividade nos pratos sem carnes, vamos dar algumas dicas deles que fazem sucesso:

  • Hambúrgueres:
  • Hambúrgueres

    Há várias opções, mas alguns famosos são os de grão de bico, de legumes e o de lentilha

  • Massas especiais:
  • Massas

    Queijo, ricota com tomate seco, abobrinha com queijo brie, só para começar

  • Pizzas de diversos sabores:
  • Pizzas

    Palmito, brócolis, cogumelos (são ótimas opções vegetarianas e, ainda por cima, são boa fonte de proteínas) e até a tradicional marguerita

  • Carpaccio de beterraba cozida:
  • Carpaccio de beterraba cozida

    Além de ter a aparência do carpaccio tradicional, você pode usar o mesmo molho de alcaparras e além de tudo é um prato refinado

  • Caldos:
  • Caldos

    Mandioquinha, abóbora cabotiá e até de cebola são clássicos e deliciosos

Além destas dicas, caprichar no tempero é sempre importante, tanto para diminuir o teor de sódio dos alimentos, quanto para dar aquele sabor extra que todos adoram.

Ter opções quentes e frias é essencial para os vegetarianos terem algo além das saladas, principalmente para a época fria do ano.

Também não se esqueça de deixar em aberto a opção de inserir ou retirar ingredientes dos pratos tradicionais do restante do cardápio.

Deixe as diferentes opções visíveis

Outro ponto importantíssimo é a distribuição destes pratos específicos no cardápio.

Ter uma seção só para os pratos vegetarianos ajuda muito, pois quem não come carne já vai direto ao ponto, ao invés de ter que revirar todo o cardápio atrás de algo que pode comer.

Não só com os vegetarianos e veganos, mas também deixe claro os ingredientes como leite e glúten, para não prejudicar ninguém que possua qualquer tipo de intolerância a esses componentes.

No caso dos buffets, dá pra variar ainda mais, colocando os tipos de tortas, diversas saladas e ainda as frutas para a sobremesa.

Buffet Vegano

Gostou das nossas dicas? Deixe um comentário e compartilhe com a gente a sua experiência.

Também confira nossa Planilha de Pratos e Informações Nutricionais gratuita, para te ajudar na precificação e informações nutricionais dos seus pratos.