Compartilhe, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Postado em:

Como montar um açougue pequeno de sucesso!

Veja dicas de como montar um açougue pequeno de qualidade, destaque-se na área e seja dono do seu próprio negócio!

O Brasil é conhecido pela sua grande produção de carnes, tanto para exportação quanto para consumo interno.

Para se ter uma ideia, o país é o quarto produtor mundial de carne de porco, terceiro do ranking na produção de frango e possui o segundo maior rebanho bovino do planeta!

Além disso, OCDE estima que, até 2021, o consumo per capita de carne no Brasil terá um salto de 20%, chegando a 1,5kg de carne por pessoa.

Carnes Brasil

Isso mostra o protagonismo da carne na dieta do brasileiro e como os açougues são importantes para o fornecimento destes produtos à população – além de um investimento com grande potencial de retorno.

Requisitos para montar um açougue pequeno

Antes de tudo – e como no início de todo empreendimento – é essencial fazer um bom plano de negócios para definir o orçamento necessário ao montar um açougue pequeno, assim como pesquisar públicos e a localização do empreendimento.

É necessário saber as características básicas do público que irá frequentar seu estabelecimento.

Nesse sentido, outro ponto importante a ser considerado são as diferenças sociais relacionadas ao consumo de carne.

Famílias das classes mais altas gastam mais do que famílias de classes sociais mais baixas.

Além disso, dê preferência a ruas e avenidas movimentadas, onde seu açougue seja visto de forma cotidiana e priorize os bairros onde ainda não existem outros estabelecimentos do tipo, evitando competir com concorrentes diretos do segmento.

Outros concorrentes dos açougues são as vendinhas, mercearias de bairro e supermercados que possuem sua própria venda de carnes.

E mesmo com a modernização dos açougues, com novos conceitos e novas tecnologias, a qualidade da mercadoria é o que mais conta na hora da decisão do cliente entre você e algum outro concorrente.

É interessante também, para ser um local mais completo, disponibilizar produtos para churrasco em geral como carvão, gelo e pão de alho pré-pronto, por exemplo.

Uma boa dica do Sebrae sobre isso seria:

“No caso da carne bovina, a conveniência implicaria em melhorias nos cortes e nas embalagens, ampliação da oferta de produtos prontos ou semiprontos, assim como orientação ao consumidor no preparo de pratos rápidos”.

Qualidade da carne

Estabelecimento de alimentos e a vigilância sanitária

Um ponto importante a ser sempre frizado é sobre os requisitos da vigilância sanitária em estabelecimentos de comércio alimentício, principalmente em açougues, com a necessidade de frigoríficos e locais de armazenamento do alimento em perfeitas condições, para manter o alimento fresco para ser comercializado.

Aqui você encontra detalhes e requisitos da Anvisa sobre o assunto e pode se inteirar melhor sobre o que deve fazer no seu açougue para não se dar mal com a vigilância.

Mas em geral, a Vigilância Sanitária vai até o estabelecimento e confere:

  • a qualidade e a data de validade dos produtos
  • a manipulação e o preparo dos produtos
  • condições de higiene do local
  • os uniformes dos empregados
  • o asseio dos espaços reservados para o corte de carnes
  • o estoque de alimentos

É bom atualizar diariamente as condições necessárias para não tomar multas e nem colocar a saúde dos consumidores em risco.

Investimento inicial e equipamentos necessários para montar um açougue pequeno

Para montar um açougue pequeno de qualidade, você vai necessitar de muitos equipamentos e produtos que acabam saindo caro.

Por isso, é importante pesquisar entre diversos locais para adquirir tudo com o melhor planejamento.

Atente-se aos fornecedores!

Veja um checklist básico com os principais equipamentos na hora de montar um açougue pequeno:

  • microcomputador
  • impressora
  • linha telefônica
  • mesas
  • cadeiras
  • armários
  • gaveteiro para guardar documentos e dinheiro
  • equipamento para receber cartões
  • veículos para transporte
  • balcões
  • freezers
  • câmara refrigerada
  • balanças eletrônicas com etiquetadora
  • moedor de carne do tipo industrial
  • serra para cortar a carne congelada
  • gancheira
  • picador e amaciador de carnes
  • mesa de corte
  • utensílios básicos de cozinha

E qual seria o investimento inicial para garantir toda essa estrutura básica?

Isso depende. Não é possível estipular um valor exato, pois os custos vão variar de acordo com uma série de fatores, como a localização, o tamanho do estabelecimento, os produtos que serão comercializados, entre outros.

Porém, para oferecer uma resposta mais concreta, podemos estimar um valor inicial de, aproximadamente, R$ 40 mil para montar um açougue pequeno.

Esse número deve ser o suficiente para cobrir os custos de aluguel do ponto, mobiliário, equipamentos, estoque inicial para inauguração da loja e todas as taxas necessárias para garantir a abertura do negócio.

Além dessa quantia aproximada, lembre-se de levar em consideração gastos fixos, como luz, água, gás, telefone e produtos de limpeza e higiene, e toda a tributação que incidirá sobre o estabelecimento.

E vale destacar: não se esqueça de verificar a necessidade e os custos para a contratação de funcionários.

Para um açougue de pequeno porte, cerca de 5 pessoas devem ser o suficiente para dar conta da demanda e da estrutura.

Sendo assim, além dos R$ 40 mil iniciais, o valor médio para arcar com essas despesas deve ficar em torno de R$ 25 mil.

Claro, esses valores são apenas estimativas e estão sujeitos a uma série de variantes.

Por isso, faça um planejamento cuidadoso e detalhado para verificar o investimento necessário para a abertura do açougue.

Gestão e divulgação do seu negócio

A gestão de um açougue envolve diversos aspectos, da legislação sanitária ao serviço e aos produtos ofertados ao cliente.

Como comentamos, a fiscalização em cima de estabelecimentos que trabalham com alimentos é muito intensa.

No caso de açougues, ela é ainda mais criteriosa. Não à toda, a Anvisa é reconhecida como um dos órgãos sanitários mais rigorosos do mundo.

Obviamente, isso tem impactos no modo como o negócio deve ser gerido. Manter o local sempre limpo, organizado e de acordo com as normas e boas práticas de higiene é fundamental.

Além disso, é essencial adotar estratégias de gestão para atrair e manter clientes.

Ofertar produtos de qualidade e um bom atendimento são itens obrigatórios em qualquer estabelecimento que trabalhe em contato direto com o público.

Pensando nisso, é importante buscar um constante aperfeiçoamento. Investir na capacitação dos funcionários é muito importante – e isso vale da gerência ao atendimento no balcão.

Cursos, treinamentos e especializações são bem-vindos, fazendo com que todos os colaboradores estejam atualizados sobre as melhores práticas, novos produtos e tendências do mercado.

E de nada adianta contar com uma equipe capacitada e oferecer um serviço diferenciado se isso não chegar ao público consumidor. Para isso, é preciso pensar também nas estratégias de divulgação do açougue e ir além do boca a boca.

Isso envolve tanto métodos clássicos como o uso das ferramentas digitais. Pagar pessoas para distribuírem panfletos promocionais nas ruas pode ser uma ação interessante, especialmente para um estabelecimento recém-aberto.

Há ainda a publicidade em mídias tradicionais, como rádio, TV, jornais e revistas.

Porém, essa costuma ser uma alternativa mais custosa e depende muito da condição financeira de cada um.

Por fim, outro meio que deve ser explorado é a internet.

Além de ser uma maneira barata de realizar a divulgação do seu açougue, hoje em dia é fundamental contar com um site e, principalmente, perfis nas principais redes sociais.

Com um site, você pode compartilhar as principais informações sobre a empresa e seus produtos, além de concentrar os dados para contato, como telefone, e-mail e endereço.

O site também pode contar com um blog com textos próprios, ferramenta cada vez mais utilizada para atrair pessoas que pesquisam assuntos relacionados na internet.

Não se esqueça de manter-se ativo nas redes sociais.

Açougue

No caso de um açougue, Instagram e Facebook são as principais, ajudando a divulgar promoções, descontos e sorteios, além de fotos e vídeos, excelentes ferramentas para gerar engajamento do público.

Lembre-se interagir com os clientes, respondendo aos comentários e avaliações que forem feitos.

Gostou das nossas dicas?

Lembre-se de que a Loja Brazil oferece uma ampla gama de equipamentos para açougues, com os melhores preços e condições do mercado. Confira!