Compartilhe, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Postado em:

Indicadores de desempenho para restaurantes: quais são eles?

Os indicadores de desempenho nada mais são do que métricas que permitem avaliar a performance de um restaurante em relação aos seus objetivos.

Os indicadores de desempenho nada mais são do que métricas que permitem avaliar a performance de um restaurante em relação aos seus objetivos.

Assim, eles possuem um importante papel estratégico, ajudando a identificar possíveis problemas, auxiliando na tomadas de decisões e facilitando a (re)definição de metas, promoções e ações junto aos clientes.

Pensando nisso, elencamos alguns dos principais indicadores de desempenho para restaurantes e como o fato de monitorá-los pode ajudar a criar uma empresa mais bem administrada e ciente de todos os seus processos.

6 bons indicadores de desempenho para restaurantes

Indicadores de lucratividade

É preciso buscar indicadores que mostrem se os resultados têm sido, de fato, positivos e se o estabelecimento tem gerado lucro ao seus proprietários e investidores.

Nesse sentido, calcular o percentual de lucro sobre o faturamento da casa é fundamental para que se consiga identificar o caminho que foi seguido até então e, se for o caso, quais medidas devem ser tomadas e que estratégias devem ser repensadas para melhorar os resultados.

Ticket médio

Trata-se de um indicador que permite analisar a dinâmica de vendas de um restaurante por meio do comportamento do cliente.

Ao saber o ticket médio de cada pessoa que frequentou o estabelecimento e o que elas consomem, é possível ter em mão informações estratégicas para desenvolver ações diferenciadas para se relacionar melhor com cada um desses clientes.

Se o ticket médio estiver muito baixo ou apresentar grandes variações de um mês para o outro, é necessário revisar as estratégias que têm sido tomadas.

Nível de entregabilidade

Este indicador é importante para que se tenha uma noção mais exata de uma das operações diárias do restaurante mais observadas pelos clientes: o tempo de entrega dos pratos.

Afinal, a demora no serviço está diretamente ligada aos índices de insatisfação do cliente.

Sendo assim, essa análise é importante para, entre outras coisas, entender o desempenho de cada área do estabelecimento e, assim, poder realizar as alterações que forem necessárias para agilizar o processo.

Satisfação do cliente

Monitorar a opinião do cliente que compareceu ao seu restaurante é outro indicador fundamental para definição da qualidade do serviço oferecido.

Saber o nível de satisfação de cada pessoa ajuda o estabelecimento a entender melhor os pontos fracos e fortes de cada etapa do atendimento prestado, facilitando a identificação do que faria o cliente voltar ou nunca mais retornar ao local.

Índice de turnover de funcionários

Não são apenas questões relacionadas à clientela que importam. Fatores internos da empresa também devem ser medidos.

Desse modo, analisar o grau de rotatividade dos colaboradores é fundamental para encontrar e entender possíveis focos de crise.

Taxas de turnover elevadas podem indicar problemas, como má gestão, ambiente de trabalho negativo, falta de valorização dos profissionais, entre outros.

Ter em mãos índices como esse são importantes para sanar quaisquer problemas o mais rapidamente possível, uma vez que assuntos internos refletem diretamente na qualidade do serviço prestado ao cliente.

Indicadores relacionados à segurança alimentar

Restaurantes são alguns dos estabelecimentos mais rigorosamente fiscalizados pelos órgãos competentes.

Sendo assim, para evitar problemas e garantir a segurança dos alimentos, alguns indicadores de desempenho são essenciais. São eles:

  • Documentos da Vigilância Sanitária: a Anvisa preconiza uma série de normas e exige uma extensa documentação que devem ser cumpridas por todo o tipo de estabelecimento que sirva comidas e bebidas. Por isso, é fundamental pesquisar e se informar sobre quais os documentos necessários para o correto funcionamento do restaurante.
  • Registros de temperatura e higiene: dentre as regras que devem ser seguidas, é preciso registrar, diariamente, a temperatura dos alimentos e dos equipamentos, bem como a higienização do ambiente de trabalho. Manter essas informações bem guardadas é importante para que o estabelecimento não só cumpra a legislação, mas para saber se há algum erro em alguma das etapas.
  • Manutenção dos equipamentos: cada maquinário e eletrodoméstico dentro de um restaurante deve passar por manutenções periódicas. Eventualmente, esses equipamentos também precisarão de consertos e reparos. Sendo assim, é preciso manter registradas essas informações, uma vez que elas auxiliam na tomada de decisões que podem trazer economia para a empresa, além de facilitar a previsibilidade de gastos futuros.

Gostou do conteúdo de hoje?

Para ficar por dentro das nossas novidades e promoções, curta a Loja Brazil no Facebook!