Compartilhe, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Postado em:

Informações nutricionais: ajude seu cliente a fazer escolhas mais saudáveis

Torne seu cliente saudável!

Importância da disponibilização das Informações Nutricionais dos alimentos

Realizar as refeições fora de casa tem se tornado uma prática cada vez mais comum, especialmente nos centros urbanos.

Na população brasileira, o gasto com alimentação fora do lar é crescente, sendo maior entre os indivíduos com maior renda e residentes próximos às capitais.

Considerando que as pessoas dependem cada vez mais de alimentos preparados fora do domicílio, há uma maior necessidade de que os consumidores tenham mais acesso sobre o que estão comendo, para que, baseados na informação nutricional e no conhecimento, possam fazer escolhas mais saudáveis.

A informação nutricional é uma relação ou enumeração padronizada do conteúdo de nutrientes de um alimento, bem como do seu valor energético.

A declaração dos seguintes nutrientes é obrigatória: carboidratos, proteínas, gorduras totais, gorduras saturadas, gorduras trans, fibra alimentar, sódio e presença de glúten e lactose.

Há um Projeto de Lei 8135/14 tramitando no Senado Federal que obrigaria todos os restaurantes, lanchonetes e demais estabelecimentos comerciais a fornecerem as informações nutricionais da comida preparada ao consumidor.

Segundo Antônio Carlos Valadares, senador e autor do projeto, este objetiva expandir a informação disponível ao consumidor, promover hábitos saudáveis e reduzir a incidência de doenças relacionadas à má alimentação, como problemas cardíacos, vasculares e renais e também proteger pessoas com restrições alimentares, como os alérgicos.

Os critérios para classificar as preparações culinárias como saudáveis não devem incluir somente calorias e nutrientes; recomenda-se priorizar a disponibilização da lista de ingredientes, garantindo o direito do consumidor de saber o que está consumindo.

Porém, há algumas dificuldades que devemos considerar: pouco conhecimento sobre o assunto, funcionários sem capacitação, falta de tempo dos funcionários, falta de receitas que detalhem os ingredientes e as respectivas quantidades, bem como ausência de peso padronizado das porções oferecidas.

Para superar tais dificuldades, os responsáveis pelos estabelecimentos podem contar com empresas especializadas que prestam serviços técnicos para padronizar as receitas, elaborar fichas técnicas e planilhas das preparações, requisitos considerados imprescindíveis para a correta disponibilização das informações alimentares e nutricionais em restaurantes.

Apesar de não deixarem de consumir em um restaurante por falta de informações nutricionais, a confiabilidade dos clientes na empresa é aumentada com o oferecimento dessas informações e, mesmo que não a utilizem, sentem-se bem em saber que, caso necessitem, podem obtê-las facilmente.

Portanto, ao disponibilizarem esses dados para os clientes, os estabelecimentos estão conquistando um diferencial na mente do cliente e alcançando uma ótima vantagem competitiva.

Pensando nisso, nós desenvolvemos uma Super Planilha para o cálculo de custos e informações nutricionais dos seus pratos. Confira:

Baixar Planilha

Fique à vontade para deixar suas dúvidas ou sugestões na seção de comentários abaixo. Até breve! ?