Compartilhe, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Postado em:

O que é guarnição na gastronomia? Descubra e aplique em seus pratos!

Apresentar um prato bonito é quase tão essencial quanto ter comida de qualidade. Veja o que é guarnição na gastronomia e como ela pode ser aplicada!

Todo mundo sabe a importância de servir uma refeição de qualidade em um restaurante.

Mas você sabia que a apresentação do prato é quase tão importante quanto o sabor da comida?

Quem disse a frase “come-se, primeiro, com os olhos” estava totalmente certo.

Receber um prato visualmente atraente é muito mais agradável do que apenas um que traga a comida à mesa.

Por isso, deve haver cuidado e preocupação na hora de montar o prato dentro da cozinha do restaurante.

Uma boa apresentação do prato pode garantir a fidelização do cliente ao estabelecimento.

Ao pensarmos em um restaurante favorito, lembramos primeiro do sabor, mas o que visualizamos é a imagem da comida.

Dessa forma, um prato bonito é capaz de abrir o apetite e trazer boas memórias.

Saber o que é guarnição na gastronomia pode auxiliar o trabalho de montar um prato visualmente mais atrativo.

Isso porque a guarnição serve tanto para acompanhar a comida principal como para deixá-la mais apresentável para o público.

Quer dizer, a guarnição é parte essencial em um prato completo, complementando o sabor e o visual da refeição.

O que é guarnição na gastronomia

A guarnição na gastronomia é um conceito que envolve diversos significados.

O termo se refere ao alimentos que são servidos juntamente com os pratos principais, geralmente legumes, verduras, hortaliças e outros ingredientes que podem acompanhar a carne ou o peixe escolhido.

Em um lombo ao molho agridoce com abacaxi, por exemplo, a guarnição pode tanto ser uma farofa quanto o abacaxi que enfeita a carne.

A guarnição pode fazer parte de um prato já montado na cozinha ou ficar disponível em um buffet. O importante é estar sempre bem apresentável e agradável aos olhos.

No buffet, por exemplo, é muito importante tomar cuidado para que a guarnição não pareça apenas um monte de legumes reunidos. Assim como a decoração de saladas para buffet, é possível manter a guarnição organizada e decorada no self-service.

Já em pratos montados, a guarnição deve ocupar o seu espaço, sem atrapalhar o brilho da comida principal. Por isso, é preciso se atentar às quantidades.

Uma dica para combinar carne e guarnição é utilizar 2/3 do prato com os alimentos e deixar o restante do espaço livre para contrastar com a comida.

Outra dica é utilizar guarnições com carnes que combinam. Não é comum um creme de cebola acompanhar um salmão ao forno, não é mesmo?

Por isso, esteja sempre atento às novidades gastronômicas; isso também pode facilitar o trabalho de montar pratos saborosos e atraentes dentro do seu restaurante.

Acompanhamento e guarnição: entenda as diferenças entre os dois conceitos

Como vimos, a guarnição é aquele alimento que acompanha o prato principal, dando mais sabor ao preparo e deixando-o visualmente mais atrativo para o cliente.

Mas, então, o que é acompanhamento? Embora, no dia a dia, a maioria das pessoas utilize os dois conceitos como sinônimos, na gastronomia eles têm definições diferentes.

O acompanhamento também é um alimento que complementa o prato principal, porém, à diferença da guarnição, ele chega à mesa em outro recipiente e, geralmente, em porções maiores, cabendo ao cliente servir-se da maneira que melhor entender.

Nesse sentido, o acompanhamento não compõe o prato principal e não tem a função de deixar o preparo esteticamente mais atraente, mas sim de complementar o pedido do cliente. 

Exemplos de guarnição na gastronomia (com as receitas para você testar!)

Agora que você já sabe o que é guarnição na gastronomia, podemos ver algumas opções que podem tanto ser inseridas em pratos prontos quanto em buffets por quilo!

Conheça agora 7 exemplos de pratos com guarnição:

Guarnição à francesa

Ingredientes:

  • 1 pacote de batata palha;
  • 1 cebola em cubos;
  • Alho picado;
  • 1/2 lata de milho verde;
  • 1/2 cenoura ralada;
  • 1/2 lata de ervilha;
  • 50g de presunto picado;
  • 3 colheres de sopa de manteiga;
  • Sal a gosto.

Modo de preparo:

  • Em uma panela, derreta a manteiga e refogue o alho e a cebola;
  • Adicione a cenoura ralada, o milho e a ervilha, e misture;
  • Junte o presunto e batata palha, mexa bem e sirva ainda quente.

Ratatouille

Ingredientes:

  • 6 cebolas em rodelas;
  • 6 tomates em cubos;
  • 6 abobrinhas em rodelas finas;
  • 1 berinjela grande em rodelas finas;
  • 1 pimentão verde em tiras (sem sementes);
  • 2 dentes de alho;
  • 1 folha de louro;
  • Manjericão fresco;
  • Azeite a gosto;
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto.

Modo de preparo:

  • Coloque as rodelas de berinjela em uma bacia com água e vinagre por 15 minutos;
  • Em uma panela, aqueça o azeite e doure as cebolas;
  • Em seguida, adicione o alho e refogue por alguns instantes;
  • Acrescente os legumes, o louro e os outros temperos e mexa delicadamente;
  • Cozinhe em fogo baixo, em panela semi-tampada, até que os legumes estejam macios.

Batata cremosa ao forno

Ingredientes:

  • 1kg de batata descascada e em rodelas;
  • 1 caixinha de creme de leite;
  • 1 xícara de chá de leite;
  • 1 cebola picada;
  • 1 xícara de chá de parmesão ralado;
  • 1/2 xícara de chá de provolone ralado;
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto.

Modo de preparo:

  • Unte um refratário com óleo ou margarina e espalhe as rodelas de batata;
  • No liquidificador, misture o creme de leite, o leite, a cebolas, os queijos e os temperos;
  • Coloque a mistura sobre as rodelas de batata e cubra com papel alumínio;
  • Leve ao forno pré-aquecido a 200° por 30 minutos;
  • Retire o papel alumínio e volte ao forno até dourar.

Suflê de queijo

Ingredientes:

  • 1 1/2 xícara de chá de leite;
  • 1 colher de sopa de maisena;
  • 1 colher de sopa de manteiga;
  • 100g de parmesão ralado;
  • 100g de muçarela em pedaços pequenos;
  • 3 ovos;
  • Sal a gosto.

Modo de preparo:

  • Em uma panela, aqueça o leite e a maisena e cozinhe até engrossar, mexendo sempre;
  • Retire a mistura do fogo, adicione o sal, a manteiga e os queijos, e misture bem;
  • Deixe esfriar e, em seguida, acrescente as gemas dos ovos;
  • Bata as claras em neve e misture delicadamente;
  • Despeje o conteúdo em uma forma e leve ao forno quente por 30 minutos.

Caponata de berinjela

Ingredientes:

  • 3 berinjelas em tiras finas;
  • 1 pimentão verde em tiras finas;
  • 1 pimentão amarelo em tiras finas;
  • 1 pimentão vermelho em tiras finas;
  • 2 cebolas em tiras finas;
  • 250ml de azeite/
  • 1 xícara de chá de vinagre de vinho tinto;
  • 1 vidro pequeno de azeitonas verdes sem caroço;
  • Orégano e sal a gosto.

Modo de preparo:

  • Em uma assadeira de alumínio, distribua as berinjelas, os pimentões e, por cima de tudo, as cebolas;
  • Acrescente o azeite, o vinagre, o sal e o orégano e cubra com papel alumínio;
  • Leve ao forno pré-aquecido a 150º graus por 15 minutos;
  • Retire, espere esfriar e leve à geladeira;
  • Sirva frio acompanhado com pão italiano.

Creme de espinafre

Ingredientes:

  • 1 maço de espinafre (somente as folhas);
  • 3 colheres de sopa de manteiga;
  • 2 colheres de sopa de cebola picada;
  • 2 colheres de sopa de farinha de trigo;
  • 1 colher de sopa de parmesão ralado;
  • 2 xícaras de chá de leite;
  • 1 pitada de noz moscada;
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto.

Modo de preparo:

  • Em uma panela tampada, cozinhe o espinafre em fogo baixo por cerca de 5 a 10 minutos, até que as folhas murchem;
  • Retire do fogo, deixe esfriar e pique;
  • Em um panela, refogue a cebola na manteiga;
  • Coloque a farinha de trigo e misture bem;
  • Adicione o leite as poucos e misture;
  • Junte o espinafre picado, o queijo ralado e cozinhe por alguns instantes;
  • Tempere com sal e pimenta-do-reino.

Tomate recheado com ricota

Ingredientes:

  • 4 tomates;
  • 300g de ricota;
  • Parmesão ralado;
  • Salsinha picada;
  • Azeite a gosto;
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto.

Modo de preparo:

  • Retire a "tampa" dos tomates;
  • Com a ajuda de uma colher, retire as sementes;
  • Em uma cumbuca, misture a ricota esfarelada, a salsinha, o azeite e os temperos;
  • Recheie os tomates com a mistura;
  • Polvilhe o parmesão ralado por cima dos tomates;
  • Coloque-os em uma forma, regue com azeite e leve ao forno a 190° por 30 minutos.

—-

Gostou de saber mais sobre guarnições para restaurantes? Então assine nossa newsletter e fique por dentro das nossas novidades e outros conteúdos exclusivos!