Compartilhe, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Postado em:

O que é melamina? Tudo o que você precisa saber!

Você não sabe o que é ou tem dúvidas sobre a melamina? Acompanhe o post e saiba todas os seus benefícios e também suas desvantagens!

O composto químico da melamina está presente em quase todos os produtos.

Juntos com outros compostos orgânicos e inorgânicos, como o formaldeído, é possível fabricar plásticos, epóxi e até mesmo gêneros alimentícios.

Pode-se citar como exemplo de utilização os CDs, DVDs, Blu-rays, praticamente todos os equipamentos eletroeletrônicos, automóveis, artigos esportivos, ração, comidas e bebidas, além de artigos para cozinha.

Aliás, louça e pratos de melamina são muito populares entre o público de comércio gastronômico.

Isso porque seu uso está associado a uma série de benefícios, como baixo custo, durabilidade e grande variedade de modelos.

O que pouca gente sabe é que os componentes que formam a melamina podem ser prejudiciais à saúde.

Se comparados a outros produtos de diferentes materiais, a melamina acaba trazendo mais pontos negativos do que positivos em seu uso.

No decorrer deste artigo responderemos algumas perguntas tais como:

  • O que é melamina?

  • Porque a melamina é tão difundida?

  • Porque devemos nos precaver ao fazer uso de produtos que contenham melamina?

  • Quais os riscos envolvidos na gastronomia ao utilizar produtos de melamina?

O que é melamina?

Melamine structuur - O impacto da melamina na cozinha

A melamina é uma substância alcalina de base orgânica encontrada no estado sólido cristalizado (de aparência embranquecida).

Sintetizada comercialmente a partir da ureia ela é considerada como um trímero da cianamida.

No processo de sua síntese há formação de bioprodutos como ácido cianúrico, amnelida e etc.

A maior parte de sua constituição, aproximadamente 66% de sua massa molecular, é formada pelo átomo de nitrogênio.

Por que a melamina é tão difundida?

Primeiramente sintetizada pelo químico alemão Justus von Liebig em 1834 começou a ser usada como isolante em cascas de navios.

Por ser facilmente obtida e ter uma ampla aplicabilidade seu uso não ficou restrito apenas na área naval.

O país que aproveitou bem o uso da substância foi a China. Infelizmente ela começou a fazer uso indevido por substituir e alterar as cadeias de nitrogênio dos alimentos e do leite com melamina (sem nenhum valor proteico).

Isso se deve porque o método de análise para definir o grau de qualidade destes produtos é por mensurar a quantidade existente de nitrogênio.

Porque devemos nos precaver ao fazer uso de produtos que contenham melamina?

china executa duas pessoas por escandalo de leite contaminado.jpg  1200x630 q85 crop smart subsampling 2 upscale - O impacto da melamina na cozinha

A melamina em si é inofensiva se não ingerida.

A ingestão em pequenas quantidades leva a sérias complicações de saúde.

Danos respiratórios, no aparelho digestivo e sérias complicações renais – sendo responsável pela completa paralisação dos rins exigindo o uso eterno de hemodiálise enquanto não houver o transplante renal.

Isto ocorre porque a melamina permanece nos rins formando pedras que bloqueiam o seu funcionamento.

Consequentemente o processo de urinar se torna bastante dolorosa.

Alguns são mais suscetíveis que outros. Tais pessoas (cerca de 1% da população mundial) possuem a Klebsiella Terrígena no intestino que metaboliza a melamina e forma compostos mais tóxicos (ácido cianúrico).

Os produtos chineses, bem como o mercado chinês, fazem bastante uso desta substância. Inclusive em 2007, após o incentivo do governo ao uso do leite, as fornecedoras não tinham condições de atender o mercado interno e, consequentemente, externo.

Passaram a adulterar conscientemente seus produtos (leite e ração animal) com substâncias sem valor nutricional – a melanina.

Mais de 1.000 animais domésticos morreram por falência renal e 300.000 bebês foram envenenados com quadros de complicações renais – destes 6 faleceram.

A empresa Sanlu Group, mundialmente reconhecida, sofreu colapso após o incidente.

Seus representantes foram sentenciados à prisão perpétua e alguns destes foram executados em novembro de 2009.

Quais os riscos a melamina apresenta a gastronomia?

melamina profissional 8788 0355 l - O impacto da melamina na cozinha

Vários produtos no ramo gastronômico podem fazer uso desta substância em sua constituição.

Os talheres e os pratos são os principais atrativos, pois a melamina proporciona uma aparência semelhante a porcelana e uma certa durabilidade – seus pratos não quebram tão facilmente.

Tudo isso por um custo consideravelmente menor.

Por se tratarem de produtos mais econômicos e visualmente bonitos, muitas vezes, os pratos e utensílios de cozinha que possuem melamina em sua composição acabam sendo escolhidos como primeira opção.

É preciso tomar cuidado ao realizar essa escolha, porque, como visto, existe uma série de fatores preocupantes, todos relacionados a ingestão do componente.

Se as travessas ou os pratos fabricados com melamina forem utilizados apenas para alimentos frios e não ácidos, os problemas são drasticamente reduzidos.

Mas garantir a utilização desses utensílios com tantas restrições não é uma tarefa fácil.

Afinal, como lembrar todos os dias que não se deve comer macarrão com molho de tomate em um prato fundo tão bonito?

Potes de armazenamento, travessas, ramequins, pratos e outros produtos são os que merecem atenção redobradas.

Nunca cozinhe e/ou esquente os alimentos nestes produtos.

Próximo à temperatura de vaporização da água, 100°C, o risco de migração química dos produtos do recipiente, espátulas e outros para o alimento é muito alto. Na verdade, à 71°C o risco de contaminação já é considerável.

Jamais use alimentos e bebidas ácidas nestes recipientes.

A migração química de um simples molho de tomate, vinagre, suco de laranja e outros é muito mais significativa e pode acontecer à temperatura do ambiente.

6 dicas de segurança para quem usa melamina

O uso de produtos com melamina traz tanto benefícios quanto desvantagens.

É importante colocar na balança e decidir o que vale mais a pena.

Para quem optar pelo uso da melamina, é importante seguir algumas regras de segurança.

Dessa forma é possível aproveitar os benefícios do componente sem arriscar a saúde.

Confira agora 6 dicas de segurança na cozinha, para quem utiliza produtos com melamina:

  1. Não utilize utensílios de mesa, feitos de melamina para bebês ou crianças. O mesmo é válido para pratos, talheres e copos que recebam alimentos para os pequenos.

  1. Nunca aqueça alimentos ou bebidas em recipientes de melamina. Como visto anteriormente, o aquecimento desse tipo de material pode liberar substâncias maléficas à saúde. Procure utilizar tais recipientes para comidas frias e pouco ácidas.

  1. Nunca leve um recipiente a base de melamina ao microondas. Em alguns casos os produtos podem vir com algum tipo de sinal, dizendo ser seguro para o uso em microondas. Se este for o caso, não há problema. Se não há nenhuma especificação no produto, não arrisque.

  1. Alimentos ácidos em contato com produtos de melamina aumentam o risco de problemas relacionados à saúde. Evite armazenar alimentos como molho de tomate, vinagre ou suco de laranja nesses recipientes e, mais uma vez, evite aquecê-los.

  1. Utilizar louça de melamina para servir alimentos e bebidas frias ou aquecidos em outros recipientes é considerado seguro. Desde que não atinja uma temperatura alta na troca de recipientes, você está livre de problemas causados pela melamina.

  1. Assim como os recipientes citados acima, travessas e bandejas utilizadas para transportar alimentos ou objetos de serviços não são considerados perigosos.  

Como visto, com os cuidados ideais, a utilização de utensílios de cozinha produzidos com melamina pode ser muito útil.

Utilizar ou não tais objetos depende da opinião de cada pessoa.

Há quem não queira correr o risco e há quem prefira essa opção por conta de seus outros benefícios.

Em todo caso, para quem optar pelos produtos de melamina, seguir as dicas de segurança é muito importante para evitar problemas futuros de saúde.

Produtos melhores tratados, mas que possuem melamina em sua composição, oferecem um pouco mais de segurança e uma tolerância maior no manuseio.

Ao limpar estes produtos, tome cuidado para não fazer uso de substâncias e objetos abrasivos, pois estes tendem a permitir maiores contatos com os alimentos com o passar do tempo.

Para ter melhores experiências, procure sempre usar utensílios de cozinha com certificações.

Já fez uso de algum utensílio com melamina?

Assine nossa newsletter e comente aqui embaixo sua experiência!