Compartilhe, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Postado em:

Como definir um projeto de cozinha industrial pequena ideal?

Será que a minha estrutura dá conta da quantidade de mesas atendidas e refeições servidas todos os dias?

Aqui no blog, já falamos sobre tudo o que é necessário para montar uma cozinha industrial.

Embora essas dicas e orientações possam ser aplicadas a todo o tipo de estabelecimento, é preciso ter um cuidado especial na hora de definir um projeto para um cozinha industrial pequena.

Com menos espaço, questões como a definição de quais equipamentos utilizar e como montar um ambiente funcional e adequado para o dia a dia do restaurante são muito mais complicadas e merecem uma atenção especial.

3 dicas de como definir um projeto de cozinha industrial pequena

1. Tenha em mente a dimensão do seu espaço

O sonho de todo empreendedor é contar com uma demanda crescente, com cada vez mais clientes chegando ao seu estabelecimento.

Porém, quem possui uma cozinha pequena, é importante fazer o seguinte questionamento: será que a minha estrutura dá conta da quantidade de mesas atendidas e refeições servidas todos os dias? Será que essa relação está equilibrada?

Para responder a essas perguntas, é necessário verificar o número de refeições servidas em cada turno de atendimento e, com base nisso, calcular a quantidade de funcionários e quais equipamentos serão precisos para atender a essa demanda.

Esse passo é fundamental para se preparar para possíveis ampliações do espaço no futuro, bem como para evitar que a falta de uma estrutura adequada faça com que os clientes esperem tempo demais pelo seu pedid.

2. Defina as áreas e setores da cozinha e saiba aproveitá-las

Cada cozinha tem uma dinâmica própria. No entanto, embora não haja um regra que defina isso, é fundamental contar com espaço suficiente para acomodar as principais áreas necessárias para o correto funcionamento do estabelecimento, aproveitando cada metro disponível.

Pensando nisso, ter em mãos o cardápio e o cálculo do número de refeições sugerido no tópico anterior é de grande ajuda na hora de pensar nas reais necessidades do restaurante.

Será que é preciso uma câmara fria?

Quantos freezers e geladeiras vou precisar?

Qual o tamanho necessário para a minha despensa?

Nesse sentido, alguns setores que não podem faltar no planejamento do espaço são:

  • administração;

  • estoque;

  • pré-preparo;

  • preparo;

  • distribuição;

  • lavagem;

  • lixo.

3. Lembre-se das regras de vigilância sanitária!

Como já comentamos bastante aqui no blog, a Anvisa é um dos órgãos de fiscalização mais rígidos do Brasil, especialmente quando se trata de estabelecimentos de comida e bebida.

Sendo assim, é fundamental seguir as regras e normas exigidas pela agência, evitando dores de cabeça e garantindo a salubridade do ambiente.

Por isso, confira toda a documentação, em especial a RDC 216, a RDC 275 e a Portaria 1428.

Extra: conheça os produtos disponíveis no mercado

Fazer um bom projeto de uma cozinha industrial de pequeno porte é essencial para aproveitar cada espaço disponível da melhor maneira possível.

Para isso, entretanto, é preciso conhecer as opções de produtos disponíveis no mercado e como elas podem atender às suas necessidades.

Afinal, de nada adianta pensar em um espaço bacana, se o mobiliário possuir o acabamento ou o tamanho errado ou for feito de um material inadequado para cozinhas profissionais.

No site da Loja Brazil você encontra uma linha completa de equipamentos industriais, além de um série de produtos sob medida, ideais para garantir que você tenha o projeto perfeito para o seu estabelecimento.

Para ficar por dentro das nossas novidades e promoções e ter acesso a mais conteúdos exclusivos, siga a Loja Brazil no Facebook!

Compartilhe, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Postado em:

Como definir um projeto de cozinha industrial pequena ideal?

Será que a minha estrutura dá conta da quantidade de mesas atendidas e refeições servidas todos os dias?

Aqui no blog, já falamos sobre tudo o que é necessário para montar uma cozinha industrial.

Embora essas dicas e orientações possam ser aplicadas a todo o tipo de estabelecimento, é preciso ter um cuidado especial na hora de definir um projeto para um cozinha industrial pequena.

Com menos espaço, questões como a definição de quais equipamentos utilizar e como montar um ambiente funcional e adequado para o dia a dia do restaurante são muito mais complicadas e merecem uma atenção especial.

3 dicas de como definir um projeto de cozinha industrial pequena

1. Tenha em mente a dimensão do seu espaço

O sonho de todo empreendedor é contar com uma demanda crescente, com cada vez mais clientes chegando ao seu estabelecimento.

Porém, quem possui uma cozinha pequena, é importante fazer o seguinte questionamento: será que a minha estrutura dá conta da quantidade de mesas atendidas e refeições servidas todos os dias? Será que essa relação está equilibrada?

Para responder a essas perguntas, é necessário verificar o número de refeições servidas em cada turno de atendimento e, com base nisso, calcular a quantidade de funcionários e quais equipamentos serão precisos para atender a essa demanda.

Esse passo é fundamental para se preparar para possíveis ampliações do espaço no futuro, bem como para evitar que a falta de uma estrutura adequada faça com que os clientes esperem tempo demais pelo seu pedid.

2. Defina as áreas e setores da cozinha e saiba aproveitá-las

Cada cozinha tem uma dinâmica própria. No entanto, embora não haja um regra que defina isso, é fundamental contar com espaço suficiente para acomodar as principais áreas necessárias para o correto funcionamento do estabelecimento, aproveitando cada metro disponível.

Pensando nisso, ter em mãos o cardápio e o cálculo do número de refeições sugerido no tópico anterior é de grande ajuda na hora de pensar nas reais necessidades do restaurante.

Será que é preciso uma câmara fria?

Quantos freezers e geladeiras vou precisar?

Qual o tamanho necessário para a minha despensa?

Nesse sentido, alguns setores que não podem faltar no planejamento do espaço são:

  • administração;

  • estoque;

  • pré-preparo;

  • preparo;

  • distribuição;

  • lavagem;

  • lixo.

3. Lembre-se das regras de vigilância sanitária!

Como já comentamos bastante aqui no blog, a Anvisa é um dos órgãos de fiscalização mais rígidos do Brasil, especialmente quando se trata de estabelecimentos de comida e bebida.

Sendo assim, é fundamental seguir as regras e normas exigidas pela agência, evitando dores de cabeça e garantindo a salubridade do ambiente.

Por isso, confira toda a documentação, em especial a RDC 216, a RDC 275 e a Portaria 1428.

Extra: conheça os produtos disponíveis no mercado

Fazer um bom projeto de uma cozinha industrial de pequeno porte é essencial para aproveitar cada espaço disponível da melhor maneira possível.

Para isso, entretanto, é preciso conhecer as opções de produtos disponíveis no mercado e como elas podem atender às suas necessidades.

Afinal, de nada adianta pensar em um espaço bacana, se o mobiliário possuir o acabamento ou o tamanho errado ou for feito de um material inadequado para cozinhas profissionais.

No site da Loja Brazil você encontra uma linha completa de equipamentos industriais, além de um série de produtos sob medida, ideais para garantir que você tenha o projeto perfeito para o seu estabelecimento.

Para ficar por dentro das nossas novidades e promoções e ter acesso a mais conteúdos exclusivos, siga a Loja Brazil no Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *