Compartilhe, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Postado em:

Quanto custa para montar um bar simples? Descubra e monte o seu!

Para quem deseja empreender em um negócio próprio, abrir um bar se torna uma excelente alternativa de investimento

Mesmo em tempos de crise, se há uma coisa em que os brasileiros continuam investindo é em lazer.

Embora os últimos anos tenham sido de dificuldade, o setor de bares e restaurantes se manteve forte, apresentando crescimento e ajudando a gerar emprego e renda.

Assim, para quem deseja empreender em um negócio próprio, abrir um bar se torna uma excelente alternativa de investimento.

Mas você sabe quanto custa para montar um bar simples?

Conhece quais são os fatores que influenciam nessa quantia e quais as principais despesas que esse tipo de estabelecimento gera?

É justamente isso que vamos ver no texto de hoje.

Porém, antes de saber o custo total, é necessário que você saiba como montar um bar para, aí sim, ter uma noção mais precisa dos valores que precisará movimentar.

Vamos lá?

Como montar um bar simples

Local

O primeiro passo para montar um bar é a escolha do ponto em que ele será instalado.

E isso tem influência direta no investimento inicial e nos gastos mensais do estabelecimento, uma vez que, dependendo da região da cidade, fatores como valor do aluguel e público-alvo podem variar fortemente.

Assim, é preciso avaliar o tipo de bar que você deseja abrir e quem você pretende atender.

Casas abertas próximas a universidades devem focar em preços baixos e atrativos, enquanto que bares em zonas corporativas ou instalados em bairros de alto padrão podem privilegiar um tíquete médio mais alto, com bebidas e comidas de um padrão mais elevado.

Equipamentos

Por menor que seja o seu estabelecimento, alguns equipamentos são indispensáveis.

Os principais são:

  • Expositor refrigerado para bebidas;
  • Expositor de salgados;
  • Geladeira e freezer;
  • Fogão, forno, chapa, fritadeira e coifa;
  • Eletrodomésticos: microondas, liquidificador, espremedor de frutas, entre outros;
  • Mesas, cadeiras e banquetas;
  • Utensílios de cozinha: pratos, copos, taças, talheres, panelas, entre outros;
  • Equipamentos de som e/ou TV.

Também é importante levar em consideração os equipamentos necessários para tocar a parte administrativa do bar.

São eles:

  • Computador;
  • Telefone;
  • Impressora;
  • Impressora de cupom fiscal;
  • Gaveteira para o caixa;
  • Máquinas de cartão de crédito e débito.

Mão de obra

Ninguém consegue dar conta de um bar sozinho.

Além de atender os clientes, é preciso servi-los com agilidade, preparar os pedidos, cozinhar, limpar as mesas…

Por conta disso, é preciso contar com uma equipe mínima para que o serviço seja feito com qualidade.

Nesse caso, você vai precisa de pelo menos:

  • Garçom;
  • Cozinheiro;
  • Auxiliar de limpeza;
  • Barman – caso o local trabalhe com drinques.

Tenha em mente que cada colaborador representa um gasto específico, uma vez que, além dos salários, é preciso arcar com outros encargos trabalhistas, como décimo terceiro, férias, adicional noturno, horas extras e outras tributações.

Contas

Existe uma série de despesas fixas relacionadas ao funcionamento e à manutenção do bar com que você terá que lidar todos os meses e que devem, obrigatoriamente, entrar no seu planejamento financeiro.

As principais são:

  • Aluguel;
  • Taxa de condomínio, caso se aplique;
  • Luz;
  • Água;
  • Telefone e internet.

É importante ressaltar que, no cálculo de contas, devem entrar também os encargos trabalhistas e todos os impostos que devem ser pagos ao governo.

Produtos

Em relação às mercadorias com que você trabalhará todos os dias, as mais importantes são, obviamente, as bebidas – alcoólicas ou não.

Lembre-se de que este é o seu principal produto e, por esse motivo, merece um bom investimento, com matérias-primas de boa qualidade.

Nesse sentido, a cerveja é a preferência do brasileiro e deve ser o carro-chefe. Para se ter uma ideia da importância dessa bebida no Brasil, em 2018 foram consumidos cerca de 12,5 bilhões de litros de cerveja em todo o país!

Além das marcas mais populares, vale a ressalva em relação às cervejas importadas, artesanais e do segmento premium, que vêm crescendo bastante entre o público brasileiro.

Outras bebidas que não podem faltar no seu bar são:

Dependendo da proposta  da casa, pode ser necessário o investimento em outras bebidas alcoólicas, como chope, rum, martini, tequila e uísque, por exemplo.

Por fim, não podemos nos esquecer da parte gastronômica do bar e o investimento para a compra de todos os insumos necessários para a preparação de pratos e porções.

Quanto custa para montar um bar simples?

Agora que vimos os principais investimentos que devem ser feitos para colocar o bar em funcionamento, vamos colocar a conta na ponta do lápis.

De uma maneira geral, o investimento para montar um bar simples gira em torno de R$ 20 mil reais, incluindo a compra dos equipamentos.

É claro que esse valor depende de uma série de fatores, como região do país, localização na cidade e proposta do estabelecimento.

Além disso, é preciso considerar os gastos médios mensais para a manutenção de um bar pequeno no Brasil.

São eles:

  • Encargos e tributos: R$ 3 mil;
  • Aluguel: R$ 1,5 mil;
  • Contas (luz, água, telefone e internet): R$ 400;
  • Produtos (comidas e bebidas): R$ 4 mil;
  • Materiais de limpeza: R$ 350.

Vale ressaltar que esses são valores médios. Além dessas despesas, é necessário considerar outros gastos, como manutenções de equipamentos e eventuais consertos e reparos. 

Bar dá dinheiro?

A resposta é: sim. Como vimos, o setor alimentício é uma ótima alternativa para quem deseja empreender no país e os bares são locais que sempre serão frequentados.

Claro que a margem de lucro vai variar de acordo com o público-alvo, a localização do bar e a estrutura do bar.

Do mesmo modo que é possível lucrar com um estabelecimento mais simples próximo a uma universidade, por exemplo, pode-se ganhar dinheiro com casas em bairros de alto padrão.

Isso posto, o faturamento líquido inicial de um bar simples pode ficar em torno de R$ 3 mil a R$ 10 mil.

Com isso, o retorno do investimento inicial acontece em até 7 meses. Uma vez que o bar garante sua clientela fiel e torna-se mais conhecido na cidade, é natural que o faturamento cresça.

Agora que você já sabe quanto custa para montar um bar simples, não deixe de acessar o nosso site e conhecer nossas linhas completas de produtos que podem ajudar você a montar uma casa simples, bem sucedida e com o melhor preço.

Para mais novidades e conteúdos exclusivos, curta a Loja Brazil no Facebook.

Esperamos você por lá!