Compartilhe, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Postado em:

Qual a temperatura ideal para cerveja?

Você sabia que nem sempre tomar cerveja extremamente gelada é a melhor opção? Descubra qual a temperatura ideal para cada tipo de cerveja!

O Ibope já mostrou que a cerveja é a bebida preferida do brasileiro para comemorações, que o acompanha as outras duas maiores paixões do país: a primeira é o futebol, a segunda é a cerveja e a terceira é o carnaval.

E é comum aqui no Brasil as pessoas pensarem – e preferirem, devido ao clima – que a temperatura ideal para cerveja seja extremamente gelada.

cerveja-geladassa.jpg

heineken-gelada.jpeg

Este pensamento não é totalmente correto, porque a temperatura influencia na experiência de sua degustação.

Cervejas refrigeradas a uma temperatura menor do que 0ºC diminuem a sensibilidade das papilas gustativas, prejudicando a degustação de seu sabor.

Cervejas com aromas mais carregados, como Strong Ale e Bocks, são as mais prejudicadas.

No Brasil, as cervejas populares costumam ser as Pilsen clarinhas, com menor teor alcóolico.

Elas, em sua maioria, levam milho em sua composição, tirando a pureza do lúpulo e da cevada, os ingredientes principais de uma cerveja.

Então, quando se trata das tradicionais Pilsen brasileiras, o consumidor pode até preferir elas bem geladas.

Mas quando se trata de apreciação do sabor das cervejas, deve-se ter muito cuidado com a temperatura.

Para entender melhor a temperatura ideal da cerveja podem-se pensar em três variáveis principais que definem o melhor jeito de apreciá-la:

  • Tipo da cerveja

  • Sabor

  • Clima da região

Entender suas temperaturas certas é importante para saber como armazená-las corretamente.

Escala Michael Jackson: a temperatura ideal para cerveja

O cervejólogo Michael Jackson desenvolveu uma escala com 5 níveis de temperatura para degustar cervejas na sua temperatura ideal.

Essa escala foi adaptada para o Brasil, porque o clima aqui não permite tomar uma cerveja a mais de 15°C.

Veja como ficou:

Muito gelada (de 0 a 4°C): Pale Lagers, cervejas sem álcool e qualquer cerveja que tenha o objetivo de refrescar e não muito a de ser degustada, no caso das populares brasileiras, sem contar as artesanais.

Bem gelada (de 5 a 7°C): Cervejas de trigo claras, Lambics de fruta e Geuzes.

Gelada (de 8 a 12°C): Para Lagers Escuras, Pale Ale, Amber Ale, cervejas de trigo escuras, Porter, Helles, Vienna, Tripel e Bock Tradicional.

Temperatura de adega (de 13 a 15°C): Para as Ale quadrupel, Strong Ales Escuras, as Stout e a maioria das cervejas especiais Belgas, incluindo as Trapistas. As Bocks mais fortes como a Eisbock e a Doppelbock.

No geral, as temperaturas mais baixas permitem que cervejas fracas, no caso das Pale Lagers, deixem seu frescor mais característico se destacar, enquanto as temperaturas mais elevadas permitem apreciar os sabores e aromas mais complexos de uma Ale, que é mais forte e encorpada.

Leve o seu gosto a sério

Mesmo com as dicas e a escala desenvolvida para aconselhar o consumidor a apreciar boas cervejas, cada pessoa tem preferências diferentes e a apreciação de cervejas depende muito do estilo e do momento.

Mas é muito importante ter equipamentos adequados para controlar a temperatura ideal das cervejas, mesmo que seja para se refrescar com as clássicas Pilsen.

Gostou do conteúdo?

A Loja Brazil oferece uma linha completa de refrigeradores, frigobares e outros equipamentos que deixam as cervejas na temperatura ideal.

Confira aqui a nossa linha de refrigeradores expositores.